5 Dicas para Loja Virtual — Como Vender Mais em 2021
5 Dicas para Loja Virtual — Como Vender Mais em 2021
Os últimos anos têm apresentado uma crescente em vendas quando o assunto é comércio eletrônico. Datas sazonais, Black Friday, Cyber Monday e muitas outras ocasiões ampliam as possibilidades de novos negócios on-line. Até mesmo a pandemia causada pelo novo coronavírus foi uma impulsionadora do varejo digital. A partir disso, por que não começar ou investir mais em vendas pela internet? Neste artigo, você vai descobrir cinco dicas para loja virtual. Os passos vão desde o planejamento à parte criativa dos negócios. Curioso para saber os detalhes? Então, continue a leitura e aproveite! Afinal, quais são as principais dicas para loja virtual? As indicações que reunimos são gerais, ou seja, servem para todos os nichos. Dessa forma, todos os empreendedores digitais podem aproveitar este conteúdo. Antes de comentarmos as dicas para loja virtual, vale só lembrar o quanto é importante realmente gostar desse universo e se dedicar a isso. Sendo assim, não encare os grandes desafios com o pensamento apenas no lucro. A satisfação vem em primeiro lugar sempre! Veja o que você pode fazer para impulsionar as suas vendas em 2021: 1. Crie um planejamento semestral Desenvolva um planejamento para o semestre e obtenha uma visão macro do que fará nos próximos meses. Você pode criar um para o ano inteiro, porém, pensar muito à frente pode tirar o seu foco das ações mais importantes. Uma boa dica é listar apenas eventos mais significativos do próximo semestre e dar mais ênfase ao primeiro, para maximizar o potencial do seu e-commerce. O calendário do varejo on-line pode te ajudar nesse ponto. Um planejamento deve conter: • objetivo geral; • objetivos específicos — aqueles que ajudam a responder o objetivo principal; • táticas para cada um deles — as formas como irá alcançar seus alvos; • cronograma — calendário para organizar suas ações com os responsáveis para cada tarefa. 2. Aposte em estratégias certeiras e inovadoras Analise bem as estratégias utilizadas pela maioria e utilize as que mais fazem sentido para sua realidade. Comece, então, a criar novas táticas, com foco na criatividade, fugindo do senso comum e atraindo mais visibilidade para seu empreendimento. Por exemplo: uma das dicas para loja virtual é fazer promoção para o Dia das Mães, Dia dos Namorados e outras sazonalidades. Você pode entrar no mesmo ritmo e fazer o básico, como também pode selecionar somente as oportunidades que tenham ligação direta com seu ramo e fazer algo maior — uma promoção de longo período, ações em mídias digitais integradas ou que misturem on-line e off-line. 3. Ofereça a experiência da realidade aumentada Uma forte tendência para o varejo on-line, nos próximos anos, é investir na realidade aumentada. Isso nada mais é do que explorar os meios tecnológicos, o UX (User Experience) e a internet em si para os clientes fazerem uma “imersão”, seja em produtos ou serviços. Imagina que você tenha um e-commerce de artigos de decoração para casa, certo? Uma boa ideia é criar uma página em que, os usuários possam replicar a casa deles digitalmente e, depois, adicionar os seus produtos. Assim, dá para ter uma ideia de como os ambientes ficarão. Outro exemplo é o de agências de viagens que usam a realidade aumentada para mostrar países, cidades, pontos turísticos e hotéis. 4. Capriche nos CTAs (call to actions) De acordo com dados da SEMrush — empresa que oferece ferramentas para análises de marketing digital —, nos últimos dois anos, o CTA que mais surtiu efeito, nos e-commerces dos EUA, foi o “frete grátis”. Sem dúvidas, essa é uma vantagem que desperta bastante o interesse da maioria dos usuários. Então, por que não a explorar ainda mais na sua loja on-line? Aproveite o momento para revisar ou, até mesmo, começar tudo do zero. Vale lembrar que você não só pode, como deve usar os gatilhos mentais na construção dos CTAs. Os impulsionadores dão a ideia de: • exclusividade. Exemplo: “Aproveite as joias feitas sob medida”; • escassez. Exemplo: “Corra, porque o estoque está quase no fim”; • novidade. Exemplo: “A nova coleção da marca x já virou febre. Conheça agora!”; • prova social. Exemplo: “Quem usou esse serviço conseguiu aumentar o lucro em até 3x — é muito importante que você mostre como isso foi feito, pode ser por meio do depoimento de um cliente). Fonte: Godaddy 5. Garanta um provedor de serviços digitais com o melhor custo-benefício Um provedor com bom custo-benefício não é só aquele que oferece preços mais baixos, mas que tem credibilidade no mercado. Optar por essas soluções é sinônimo de garantir mais qualidade para seu e-commerce, ou seja, uma melhor experiência para o público-alvo.